Magistrados chineses visitam Palácio da Justiça

O Tribunal de Justiça de São Paulo recebeu, ontem (9), no Palácio da Justiça, uma comitiva de magistrados chineses da província de Hunan – cidade natal de Mao Tse Tung –, composta pelo presidente do Tribunal Popular Superior da região, desembargador Tian Liwen; pelo presidente do Tribunal Popular Intermediário da cidade de Chenzhou, juiz Luo Shuiping; pelo presidente do Tribunal Popular Intermediário de Yueyang, juiz Peng Shili; pelo presidente do Tribunal Popular Intermediário de Zhuzhou, juiz Zhou Kajiun; pelo chefe da Primeira Divisão Civil do Tribunal Popular Superior de Hunan, juiz Sun Yuanging; e pelo presidente do Tribunal Popular Primário de Liuyang, Liu Bo.

Acompanhada do desembargador Luiz Antonio Cardoso e da equipe da Diretoria de Relações Institucionais do TJSP, a delegação conheceu o Palácio da Justiça e seus mais célebres espaços: o Salão dos Passos Perdidos, o Salão do Júri e o Salão Nobre Ministro Manoel da Costa Manso, onde ocorrem as sessões do Órgão Especial, colegiado formado por 25 desembargadores – o presidente do Tribunal de Justiça, 12 dos mais antigos e 12 eleitos. Após as visitas, os magistrados chineses se encontraram com o juiz assessor da Vice-Presidência Ronnie Herbert Barros Soares.

Além da visita ao Palácio da Justiça, intermediada pela deputada estadual Damaris Moura, a delegação conheceu a Associação Paulista de Magistrados (Apamagis), onde também entrou em contato com a estrutura do sistema judicial brasileiro. Acompanharam a comitiva a assessora e o chefe de gabinete de Damaris Moura, Chu Show Chin e Markus Henrique Gonsalves Silva, e a intérprete e o acompanhante bilíngue da delegação, Chen Mi e Lien Kun Chang, respectivamente.

 

Escreva um comentário